Clique na imagem para ampliar em outra janela

Matriz Humanizando Marcas

Por Sílvia Koch

O mundo vem mudando nos últimos anos, as pessoas, as cidades, os caminhos, os encontros vêm ficando mais orgânicos. E com estas novas versões de vida, os negócios estão passando por uma grande transformação, alguns se reinventando, outros deixando de existir. Alguns, sendo trocados de mãos, novas gerações contratando CEOs. Sem dúvida, este processo está focado nas pessoas. Elas têm, cada vez mais, sua forma de viver renovada. E esperam muito mais além de preço. Há uma oxigenação, uma provocação constante no ar.

A palavra a ser desbravada é generosidade. Falar de pessoas para pessoas gerando laços emocionais. Embora muitas empresas ainda não tenham percebido o valor deste caminho, ele está latente, tanto nas grandes organizações, como nos pequenos negócios. Nossa essência são as conexões emocionais que sua marca pode conquistar com os receptores, e transformá-los em consumidores. Depois, fideliza-los. Este é o propósito da Curadoria de Negócios: colaborar para que seu negócio venda melhor e mais. Como pretendemos fazer isto acontecer? Através de experiências.

Nosso negócio propõe este caminho a você, seus colaboradores, seus produtos e seu negócio. Mi casa, su casa.

A matriz humanizando marcas foi desenvolvida a partir de estudos realizados na última década, especialmente europeus, que necessitaram se reinventar para a economia continuar a girar. Aborda questões diversas que ampliam a possibilidade da marca estar inserida no novo movimento de consumo. Que auxilia o gestor a cruzar a Lógica do Mundo dos Negócios com a Emoção do Mundo dos Receptores/ Consumidores. Pode ser pensada a partir de vários caminhos, cruzamentos que levam sua marca e serviço a estabelecer conexões emocionais que possam encantar e fidelizar seus consumidores. Ponto de partida? A observação.

Vamos?