Tramas Publicitárias

A voz da publicidade e a literatura

Aos amantes da relação história, literatura e publicidade Carrascoza e Santarelli (2009) fazem um passeio em três contos por momentos marcantes em que a história poderia ser contada por meio do fazer publicitário da época. No primeiro, Paris no final do século XIX, com seus cartazes feitos por artistas consagrados na atualidade, e que uniram arte e publicidade. Dos museus para as ruas. No segundo conto, a década de 30 e uma nova realidade histórica com o nazismo como pano de fundo para o discurso da época. “No labirinto de Aleph”, o terceiro conto, a publicidade contemporânea, o texto transita pelos personagens enredados nas novas mídias e maneiras de expressão. Épocas da publicidade mundial em que a narrativa publicitária passeou pelo estilo e fazer publicitário de cada época, mostrando que a relação história e literatura também pode ser percebida como um suporte para a publicidade, muito além do consumo simplesmente. Narrativas que usam como suporte a vida como se apresenta e se ilustra.